Depois da Black Friday, recebi muitas mensagens de alunos perguntando o que fazer para ser fluente, quantas palavras precisam falar para se tornarem fluentes e outras coisas desse tipo.

Por isso, no post de hoje quero compartilhar um pouquinho sobre isso.

Número de Palavras

A cada geração, muitas palavras entre e saem de uso. Se você pensar 10 ou 20 anos atrás, garanto que o vocabulário mudou muito! E acontece a mesma coisa em inglês.

Você sabia que todo ano no dicionário Oxford Dictionary, considerado o dicionário padrão da língua inglesa, acrescenta mais de 2 mil palavras novas todo ano?!

É praticamente impossível um nativo saber todas as palavras que estão dentro do dicionário, nem mesmo os estudiosos desse dicionário sabem quantas palavras existem no dicionário.

O que você deve focar é usar o inglês para se comunicar dentro da sua realidade.

Qual a sua realidade e como saber se você é fluente?

O que quero dizer com isso é: se você quer aprender inglês para assistir séries e entender as músicas que escuta, você pode focar em palavras do cotidiano, estruturas mais simples.

Por outro lado, se você precisa do inglês para participar de palestras na sua área, para fazer uma faculdade no exterior, saiba que o grau de complexidade aumenta. Então, é importante que você saiba o inglês que é usado para a sua área.

Um médico, por exemplo, vai precisar aprender termos técnicos da área de medicina. Já um advogado, da área de leis. Um professor precisará aprender palavras que serão usadas no seu mundo. Um tradutor terá que aprender muitas expressões para conseguir passar a ideia central do que está traduzindo.

Por isso, foque naquilo que VOCÊ PRECISA! Não compare a sua jornada com a de outra pessoa. Tenha em mente sempre o porquê você precisa falar inglês e para qual objetivo você usará o idioma.

Deixe aqui nos comentários quais são os seus objetivos ao usar inglês e não se esqueça de ler este outro post para aprender ainda mais.