third conditional

Third Conditional

Hoje irei abordar a third conditional, ou seja, a terceira e última condicional.

What’s up, Learners?

Primeiramente devo dizer que nenhuma conditional se assemelha a outra a não ser pelo fato da maioria ter a palavra “if“. O que é comum, mas também pode ser que não a tenhamos em todas as frases. No lugar dela, por exemplo, podemos usar unless, whether, entre outras.

Mas vamos ao que interessa: Para que serve esta condicional?

A terceira condicional serve para falar de situações irreais, assim como a segunda, com a diferença que nesta terceira, a ação foi possível de ocorrer em um determinado tempo do passado, porém agora no presente ela já não é mais possível de ser alterada.

Diferente da segunda que vimos no post passado, pois a segunda nunca foi e nunca será possível de ser alterada.

Estrutura da third conditional

Sendo assim, para formá-la, devemos utilizar a seguinte estrutura:

I would have won the money if I had played the lottery. – Eu teria ganho o dinheiro se eu tivesse jogado na loteria.

If she had studied a lot, she would have passed the exam. – Se ela tivesse estudado muito, ela teria passado no exame.

They would have bought a new car if they hadn’t spent all their money on silly things. – Eles teriam comprado um carro novo se eles não tivessem gastado todo o dinheiro em coisas bobas.

Portanto, perceba que a terceira condicional possui: If + pronome + had + verbo (passado do particípio) + complementos, pronome + would/could + have + verbo (passado do particípio) + complementos.

Além disso, eu posso alterar a ordem das frases assim como as outras condicionais, sem que o sentido se altere. Ou seja, o “if” pode ir tanto no início da frase quanto no meio.

Agora chegou a sua vez de praticar!

Deixe aqui nos comentários um exemplo de frase com esta última condicional.

Leia também: Second Conditional

See you around!

Junior Silveira

Compartilhe este conhecimento

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Leia também

 CONTINUE APRENDENDO!

Saiba mais sobre o Método ACT de aprender inglês!